Site oficial da embaixada americana remove evidências de laboratórios de armas biológicas ucranianas

O site oficial da embaixada dos EUA REMOVEU recentemente todas as evidências de bio-laboratórios na Ucrânia. Esses laboratórios biológicos são financiados e operados em conjunto pelo Departamento de Defesa dos EUA (DOD).

Os documentos do laboratório eram de conhecimento público até 25 de fevereiro de 2022. Esses documentos incluem detalhes importantes de construção, financiamento e permissão para laboratórios de armas biológicas na Ucrânia.

Leia também: Enquanto Putin exige rendição para “evitar derramamento de sangue”, prefeito de Kiev pede que cidadãos “mantenham a capital”

Mas agora o governo dos EUA está apagando esses documentos da internet e se tornando menos transparente com essas informações críticas. Isso ocorre em um momento em que a população mundial está acordando para a realidade da pesquisa de armas biológicas com ganho de função, vazamentos de laboratório e desenvolvimento predatório de vacinas e diagnósticos.

Esses bio-laboratórios geram patógenos de potencial pandêmico que exploram o sistema imunológico humano e são a base para a fraude médica, negligência, morte induzida por vacina e genocídio.



A existência desses laboratórios de armas biológicas poderia ter algo a ver com a “missão militar especial” da Rússia? Durante anos, a Rússia acusou os EUA de desenvolver armas biológicas perto de suas fronteiras. Os russos estão atualmente coletando evidências desses laboratórios? Qual é a situação atual dessas instalações?

Leia também: As 5 VACINAS MAIS TÓXICAS já inventadas e como elas mutilam e matam humanos

E se a Rússia não estivesse conduzindo uma invasão e ocupação imperialista da Ucrânia? Uma realidade que não tem sido propagada pelos meios de comunicação ocidentais. E se a Rússia estivesse atacando sindicatos internacionais do crime e perseguindo elementos criminosos do governo ucraniano que prejudicaram o povo ucraniano e outros ao redor do mundo?

Os EUA ergueram uma vasta rede de laboratórios biológicos na Ucrânia e estão apagando detalhes desta rede

armas biológicas ucranianas

O Departamento de Defesa dos EUA financiou pelo menos 15 laboratórios biológicos diferentes na Ucrânia. Estes não são bio-laboratórios chineses ou russos. Pelo menos oito deles são laboratórios de armas biológicas operados exclusivamente pelos EUA.

Leia também: Globalistas tentam controlar criptomoedas para que Putin “não escape” das sanções

Esses laboratórios “consolidam e protegem patógenos e toxinas de interesse de segurança” para conduzir “medidas aprimoradas de biossegurança e biovigilância” por meio de “parcerias internacionais de pesquisa”.

Cada instalação custa aos contribuintes dos EUA de US$ 1,8 a mais de US$ 3 milhões. O DOD facilitou o processo de licenciamento para permitir que cientistas ucranianos trabalhassem com patógenos de potencial pandêmico.

O Departamento de Defesa dos EUA trabalha diretamente com o Ministério da Saúde da Ucrânia, o Serviço Estatal da Ucrânia para Segurança Alimentar e Proteção ao Consumidor, a Academia Nacional de Ciências Agrárias e o Ministério da Defesa.

Esta rede de bio-laboratórios inclui instalações em Odessa, Vinnytsia, Uzhgorod, Lviv, Kiev, Kherson, Ternopil, Crimeia, Luhansk e duas instalações suspeitas em Kharkiv e Mykolaiv.

Nos últimos anos, muitos desses laboratórios alcançaram o status de Biossegurança Nível 2, permitindo que os cientistas experimentem vírus e bactérias.

Nos últimos dois anos, esses laboratórios, em cooperação com o Ministério da Defesa ucraniano, ergueram mais quatro laboratórios móveis para realizar a vigilância epidemiológica do povo ucraniano.

Esses laboratórios fazem parte de um grupo de trabalho multinacional que cria redes de vigilância de doenças que “fortalecem a segurança global da saúde”.

Leia também: CANADÁ CAIU: A nação outrora livre está agora sob ocupação da ONU e controle globalista

Até 25 de fevereiro de 2022, a existência e os detalhes desses laboratórios de armas biológicas eram de conhecimento público. A embaixada dos EUA havia divulgado anteriormente a localização e os detalhes desses laboratórios em uma série de arquivos PDF online.

Em 26 de fevereiro de 2022, o site oficial da embaixada desligou os links para todos os 15 laboratórios de armas biológicas. Todos os documentos associados a esses laboratórios foram removidos da internet. Se você clicar em qualquer um dos links, os arquivos PDF não estarão mais disponíveis.

Felizmente, esses arquivos foram arquivados e ainda podem ser acessados. O que a embaixada dos EUA está tentando esconder?



Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound